O tempo de frila em conjunto ao regime normal de trabalho me fizeram aprender a amar home office. É uma prática que começou lá em 2002, quando meu pai trabalhava em casa [construiu toda uma estrutura pra isso, às custas dos esforços dos meus irmãos] e me ensinou a trabalhar desta forma. Me ensinou a ter o minimo de foco e a capacidade de dividir as tarefas, e dividir cada tarefa em etapas. Todas as dicas fácilmente encontradas nas pequisas de internet eu pratico de maneira tão natural, que não parava pra pensar se isso melhorava ou não minha produtividade.

esse é o meu canto de trabalho atual.

Agora que é uma opção de vida, vejo-me mais feliz que outrora, ainda sem o rendimento financeiro que as familias dependem para a manutenção básica. Neste momento não me preocupo com isso. Assim como fazer uma faculdade, começar num novo emprego, ter um relacionamento, entre outras coisas, leva tempo para se chegar no “tamanho real” do que se vai conseguir com isso.

E o que espero conseguir com home office?

  • tempo de qualidade para minha vida como individuo e como parte de um casal;
  • assumpção total da responsabilidade das escolhas a cerca de com quem, quando, onde, por que, e por quanto trabalhar;
  • praticar ao máximo as especialidades que domino, com tempo para estudar as outras especialidades que desejo dominar;
  • construir um novo modelo de vida, onde tanto de maneira prática quanto de maneira psicológica, o trabalho não esteja no centro daquela.

Dicas rápidas para quem quer trabalhar de casa / ter um home office:

  1. Comece com o pensamento certo: ou seja, separe de fato um horário para trabalhar, vista-se como se saisse para o trabalho, tenha um ambiente que seja apenas o seu espaço de produção e aceite antes mesmo de começar que você é responsável pelas escolhas produtivas e financeiras que vai fazer.
  2. Não mantenha a rotina que você não gostava. Desenhe uma rotina nova para este novo modelo de exercício da sua vocação (e de ganho de dinheiro).
  3. Invista nos ambientes e nos equipamentos. Vai passar bastante tempo sentado? A melhor cadeira que puder, e encosto para os pés, conforme a sua altura / posição da sua cadeira / local de trabalho. Obviamente, levante-se e tome água regularmente. Se precisar de ferramentas de tencologia, adquira as melhores possiveis para seu orçamento e faça com que elas se paguem.
  4. Em tudo que não precisa investir, crie! Invista um tempo para deixar seu novo ambiente de trabalho com a sua cara. Decore e monte ao seu gosto. Inicie o prazer de trabalhar em casa a partir da transformação deste ambiente de trabalho. Existem centenas de opções para criar e decorar mesas, prateleiras, cadeiras e tudo o mais que voce precisar para trabalhar.
  5. Inspire, respire, não pire! Todo processo de mudança é doloroso pela saída da zona de conforto, alivia por ser a troca de um ambiente ou situação desagradável, e de endoidecer por não ser um passe de mágica para estabelecermos o novo ritmo pessoal e financeiro. Lembre-se que, bem conversadinho, tudo na vida é assim: primeiro emprego, primeiro relacionamento, primeiras aulas e/ou conversas com pessoas que viriam a fazer parte de nossas vidas por muito tempo… depois nos vemos muito melhores do que estavamos.

Mesmo que não seja para uma transição total, estabelecer um ambiente em casa que seja só seu / para seu trabalho é saudável, para exercitar sua criatividade, ter um local para chamar de seu, e um cantinho para fugir do cotidiano. Mais que ajudar a fazer o resto ser apenas o resto, é um meio de reencontro com o que mais importa e, quem sabe, também trazer todos os tipos de felicidade que você deseja.

[♫] “Now, why you want to try to classify the type of thing we do / Cause were just fine doin what we like, can we say the same for you” | POP, N´Sync.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *